Parque Botânico Visita virtual »

Parque botânicoVídeo de apresentação

 
 

Tendo em atenção a vocação de ensino e investigação agro-ambiental da Escola Superior Agrária foi implementada a instalação, na Quinta da Senhora de Mércules, de um Parque Botânico com cerca de 22 ha tendo em vista, por um lado, a recuperação de uma zona altamente degradada utilizada durante muitos anos como lixeira municipal e, por outro lado, a conservação de recursos genéticos naturais.
mnubottomshadow
Trata-se de uma área sem vocação agrícola, com grande heterogeneidade no que se refere à profundidade do solo, ondulada e com frequentes afloramentos rochosos graníticos, manchas de solos delgados e secos preenchidas com vegetação xerofítica natural, alternando com outras profundamente encharcadas, cobertas com vegetação hidromórfica. Aproveitando-se esta diversidade, mantiveram-se pequenas manchas de vegetação existente e introduziram-se colecções de espécies autóctones e exóticas adaptadas aos micro-sítios disponíveis.

mnubottomshadow

Foram plantadas 6000 árvores e arbustos, englobando perto de 90 espécies diferentes. No sentido de facilitar a circulação de pessoas e veículos foi implantada uma rede de caminhos e acessos ao parque. Junto ao Parque Botânico foi instalada uma área de viveiros para produção de plantas de variadas espécies florestais e ornamentais. Para o efeito o viveiro florestal dispõe de estufa de ambiente controlado com 120 m2 equipada com um túnel de aclimatação com controlo independente de humidade e foto-período - e de 276 m2 de área de sombreamento. Os viveiros possuem ainda instalações que permitem apoiar a realização de trabalhos de investigação, assim como o leccionamento de aulas. Estas instalações de apoio ao viveiro são constituídas por 2 armazéns, 3 gabinetes, 1 anfiteatro com 74 lugares sentados e instalações sanitárias. Está adstrito a este Sector um Técnico Superior . Pontualmente o Sector conta com a colaboração de outro pessoal de acordo com as exigências dos trabalhos a executar e conforme a disponibilidade de pessoal da Escola. Estes elementos participam e colaboram em todas as actividades do viveiro florestal e Parque Botânico, prestando ainda colaboração activa e interessada nas actividades lectiva e de investigação que decorrem neste Sector. As plantas produzidas têm sido utilizadas, quer nas plantações efectuadas no parque, quer para fornecimento a diversas entidades e a particulares.